Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Fónix Lab

Laboratório para exprimir (opiniões) admiração, indignação ou impaciência, em torno de temas atuais.

Fónix Lab

Laboratório para exprimir (opiniões) admiração, indignação ou impaciência, em torno de temas atuais.

Receitas para sobreviver à primeira semana de aulas

Guia prático para pais, alunos e professores

29
Ago19

guia.jpg

Enquanto deambulávamos por uma grande livraria da nossa capital, deparámo-nos com a mesinha dos guias práticos e constatámos que os há para todos os gostos e necessidades: para ser feliz, para ser infeliz, para rir, para chorar, para ser saudável, para ser famoso, para engordar, para emagrecer... e  foi com admiração que, na sequência da nossa última crónica "O ensino. Recomeços", nos apercebemos que não havia nenhum guia para a emergência do momento: a primeira semana de aulas.

Fónix caro leitor!

Corremos para a esplanada mais próxima para registar as nossas receitas. Assim, esperamos colmatar tão grande falha. 

Guia para os pais. 

Os miúdos querem aquela mochila, aquele computador e um novo smartphone.

Respire fundo.

A minha mulher pergunta-me, a toda a hora,  se já tratei do passe, da matrícula no instituto e no ATL, da inscrição na piscina.

Respire fundo.

A turma do meu filho é a pior do agrupamento. O miúdo chora e diz que não quer ir para a escola.

Respire fundo.

O meu chefe já reparou que chego constantemente tarde. Ainda não me consegui organizar com o horário escolar dos miúdos. 

Respire fundo!

Guia para os alunos.

Detesto esta turma. 

Quero um telefone igual ao do João.

Não devia ter deixado a minha mãe comprar-me esta mochila pirosa no hipermercado.

Vou ter de aturar este professor o ano inteiro? Que chato!

A comida no refeitório é horrível! Lá vour ter que ir comer hamburguers e vingar-me nas gomas.

Caro aluno, deixa-te de tretas que a vida é fantástica. Estuda!

Guia para os professores

O meu horário é péssimo, com imensos furos.

Tenho de dar aulas em duas escolas e tenho o intervalo de 15 minutos para lá chegar.

Sou diretor de turma, responsável por um projeto, membro de uma comissão e de várias equipas de trabalho.

Os meus alunos devem detestar-me, pois não os deixo fazer o que querem.

Os meus colegas de departamento olham-me com surpresa, quando sugiro algumas inovações para usarmos na sala de aula.

Caro professor, sorria. O mundo está nas suas mãos. Ensine os seus alunos a viver, a serem cidadãos livres e com espírito crítico. Tudo o resto virá por acréscimo. Seja feliz! Pois só assim fará os seus alunos felizes!

PS.Todos estes conselhos são gratuitos e dão as mesmas receitas que os livros na mesinha da livraria. Em suma, respire fundo, relativize os problemas, sorria e viva.

 

 

 

Nota: Veja o vídeo abaixo se quiser conhecer os processos neurológicos associados ao stress.

How to stay calm when you know you'll be stressed | Daniel Levitin

Ative as legendas em português

by influenciadores | work in progress