Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Fónix Lab

Laboratório para exprimir (opiniões) admiração, indignação ou impaciência, em torno de temas atuais.

Fónix Lab

Laboratório para exprimir (opiniões) admiração, indignação ou impaciência, em torno de temas atuais.

Os melhores do Mundo

Ao sabor dos números

12
Jan20

numbers.jpg

 
Restabelecidos das festas e festejos, muitas delas pela obrigação que o calendário impõe e que nos impossibilitaram de fazer aquilo de que tanto gostamos e em que somos os melhores do Mundo (decerto nos perdoará, caro leitor), aqui estamos:
 
Ano novo, (mas) Vida (continua) velha.
 
Por muito que a esperança seja a última a morrer, quando paramos para pensar no mundo que nos rodeia, em que nos vendem como os melhores do mundo, toma-nos uma indignação surda. 
 
Caro leitor, já tínhamos saudades suas, ou não fosse o melhor leitor do mundo!...
 
Portugal tem uma das melhores localizações geográficas para a vida humana. 
Sabemos que os nossos profissionais (militares, políticos, professores, médicos, enfermeiros, gestores, engenheiros, investigadores, cientistas, gestores, futebolistas, treinadores...) são dos melhores do Mundo.
 
Esta último categoria é digna de parentêses caro leitor. Já tínhamos o "Special one", devidamente condecorado com a ordem do Infante D. Henrique, agora temos mais um... O Infante D. Henrique começa a não chegar para as (en)comendas.
 
E não podemos esquecer as artes, a literatura, o cinema, o teatro, a música, a arquitetura, as tradições, a bebida, o azeite, o mel, a comida... o pão de milho, o pastel de nata, a alheira, o presunto, o queijinho...
 
Fónix, já estamos com fome!
 
Em suma somos os melhores do Mundo! Mas não paramos por aqui.
 
Temos, também, o melhor ministro das finanças da Europa, arriscamos até a dizer o melhor do mundo! Aquele que criou a maior carga fiscal de sempre, por via de taxas, taxinhas... o cativador mor...
 
Temos, também, um dos maiores governos de sempre e dos maiores do continente europeu. E, como sabemos que quantidade não é sinónimo de qualidade, fica tudo dito.
 
Sabia, caro leitor, que a média na Europa é de 16,5 ministros e Portugal tem 19? Este novo governo tem o maior número de ministérios desde 1976.
 
Somos o 5.º país da Europa com salários mais baixos e o 3.º pior da União Europeia, se tivermos em conta o poder de compra. Atrás de nós, só a Eslováquia e a Hungria.
 
Mas somos, continuamos a ser, todos os dias, os melhores do Mundo!
 
Os portugueses pagam mais do próprio bolso para a saúde do que os restantes europeus, porque o Serviço Nacional de Saúde tem um nível “elevado” de despesas não reembolsadas. 
 
Os professores portugueses são os mais velhos de entre os países da OCDE, que refere que só 1% dos professores em Portugal tem menos de 30 anos (que contrasta com uma média europeia de 11%).
 
E os números continuam, caro leitor!
 
Apesar de preferirmos as letras aos números, somos inundados, diariamente, por números que são trabalhados com o fim que se lhes pretende dar, veja-se o caso do excedente orçamental.
 

 Contudo, Portugal mantém-se como o terceiro país da Europa com o maior rácio de dívida pública, a seguir à Grécia e à Itália. 

De acordo com a organização Transparência Internacional, que avaliou 180 países e territórios, Portugal ocupa uma honrosa 30ª posição, no que respeita à corrupção. O Conselho da Europa diz, ainda, que Portugal é o país que menos cumpre recomendações contra a corrupção.

Os parlamentares de Portugal - os melhores do Mundo -  ganham, por ano, mais do dobro do salário médio anual do país, ao contrário dos políticos de muitos países, por exemplo o dos espanhóis que ganham uma quantia idêntica à média do salário do país, de acordo com o relatório MSN MONEY (2019).

PS. Pois é, magnífico leitor, tudo na mesma, num país que muitas vezes parece de "faz de conta". Continuamos a deixarmo-nos adormecer ao som desta canção de embalar que os políticos tão bem dominam e que se poderia intitular "Números para cidadão dormir".

Se preferir, oiça o podcast: