Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Fónix Lab

Laboratório para exprimir (opiniões) admiração, indignação ou impaciência, em torno de temas atuais.

Fónix Lab

Laboratório para exprimir (opiniões) admiração, indignação ou impaciência, em torno de temas atuais.

Os Mansos

Dispersem a manada

12
Ago19

mansos.JPG

A noite algarvia convida a uma caminhada pelo passeio ribeirinho. Chegados, engrossámos a multidão que teimava em levar-nos num sentido que não era o nosso. Foi aí que nos ocorreu o título desta crónica: Mansos.

O povo gosta destas coisas, seguir os outros em manada, um vai e os outros seguem-no, "o que é bom para eles é ótimo para mim", pensam.

É o comportamento típico do Manso. Definamos esta categoria humana.

Manso é aquele que adensa a fila dos combustíveis com o carro atestado para encher o terceiro jerrican. É aquele que apoia cegamente o partido ou o clube do coração, independentemente da razão. Chega ao cúmulo de defender os interesses do outro em seu prejuízo, sem se aperceber que aquele que segue nem sequer integra a manada. É aquele que adensa a fila para as praias, os restaurantes, as festas populares, os supermercados ou os centros comerciais, só porque é moda.

Sempre politicamente correto, o Manso nunca afronta o poder, ainda que tenha razão para isso.

Caro leitor, o que lhe parece? Não terão opinião ou serão simplesmente Mansos?

Numa época em que tanto se fala de cidadania e espírito crítico, "de onde saíram" estes Mansos?

Já pensou alguma vez nisto? Quer ajudar-nos a entender?

Como poderemos melhorar a nossa sociedade, lutar contra a corrupção e contra os poderes instituídos e as desigualdades cada vez mais gritantes, se os Mansos a tudo anuem e tudo aceitam com um sorriso nos lábios?

Como poderemos educar os nossos filhos para uma sociedade equitativa, onde todos tenham lugar e possam expressar as suas opiniões e singrar na vida sem medo de dizer o que pensam, ainda que contra o poder instituído?

Caro Leitor! Um ponto de ordem! 

Sabemos o quanto a Família é importante, contudo não nos juntemos aos Mansos! Não façamos de conta que está tudo bem e não nos calemos perante a injustiça e o incumprimento da lei, ou, pior ainda, a sua deturpação em benefício da Família, seja ela qual for, de sangue ou ideológica.

Nada pior para uma democracia que se quer madura, como certamente defenderá o caro leitor .

Faça como nós, fuja da manada, mas não abandone a família (a sua), trace o seu próprio caminho e PENSE  por si.

 

PS. Com dificuldade conseguimos contrariar a manada e caminhar em sentido oposto. Fizemos a diferença e demos nas vistas, o que não deixou de ser notado pelos Mansos que nos olharam com surpresa, não por que não fossemos giros, mas acima de tudo porque perceberam que pensamos por nós.

 

by influenciadores | work in progress