Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Fónix Lab

Laboratório para exprimir (opiniões) admiração, indignação ou impaciência, em torno de temas atuais.

Fónix Lab

Laboratório para exprimir (opiniões) admiração, indignação ou impaciência, em torno de temas atuais.

Do uso da tecnologia na escola

Season I - Cultura de Escola

11
Ago19

Sentados a beber uma cerveja na canícula algarvia, enquanto nos atualizamos no Facebook, como fará certamente o incauto leitor, deparámo-nos com uma imagem que nos suscitou inúmeras reflexões.

fonix.JPG

A tecnologia sempre esteve presente na escola e na sala de aula, contudo, se procuramos uma Transformação Digital (Digital Transformation - Dx) que promova novos modos de ser e estar em educação esta deve ser assumida estrategicamente pelos órgãos de gestão, o que só acontecerá quando lhe reconhecerem valor.

Estudos nacionais e internacionais comprovam de forma clara que os resultados dos alunos melhoram significativamente quando a tecnologia é integrada no processo de ensino e aprendizagem.

Todavia, é a cultura de escola que alavanca qualquer mudança, pelo que não são os documentos emanados pelo Ministério da Educação, quer sejam os referenciais, quer as orientações curriculares para a utilização das TIC em sala de aula que farão esta mudança.

Isto é, não são pequenos paliativos impostos hierarquicamente que promoverão a mudança de cultura de cada escola. 

Dir-me-á, o caro leitor, que se tem promovido formação nesta área. 

É verdade que se tem apostado na formação na área das TIC, contudo não existe a preocupação de desenvolver nos docentes a capacidade de, autonomamente, procurarem as respostas que mais se adequam às suas necessidades e às dos seus alunos. Acreditamos que os professores têm de criar a sua própria rede de aprendizagem, libertando-se da dependência de algumas horas de formação para aprenderem a utilizar ferramentas que, daí a algum tempo, estarão obsoletas. 

Concordará connosco, caro amigo. Trata-se de um ciclo sem fim.

Não esqueçamos ainda que nenhum profissional, de qualquer área do saber, incluirá a tecnologia de forma sistemática no exercício da sua profissão se não vir aí benefícios claros na sua atividade.

Veja-se o exemplo dos quadros interativos e, estamos certos, o mesmo acontecerá com as tão badaladas salas de aula do futuro ou ambientes educativos inovadores.

O que acha, caro leitor?

O futuro não está na tecnologia, per si, mas sim na forma como a utilizamos em prole dos objetivos que perseguimos.

 

PS. Cansados deste ciclo sem fim voltámo-nos para a cerveja... afinal estamos de férias.

 

by influenciadores | work in progress